Governo antecipa 13º salário para aposentados e pensionistas em resposta a pandemia

Medida garante R$ 23 bilhões em benefícios já em abril, e é acompanhada do aumento da margem e do prazo para empréstimos consignados, com taxas de juros mais baixas

Saiba tudo sobre INSS em brasil

 

Ministério da Economia anunciou as primeiras providências para monitorar e combater os efeitos da panedemia do COVID-19 sobre o nível de atividade. As medidas, de acordo com a nota oficial da pasta, são dedicadas especialmente à parcela da população mais vulnerável à pandemia, como os idosos. A decisão de maior impacto imediato é a injeção de R$ 23 bilhões pelo pagamento já no mês que vem, abril, da primeira parcela do décimo-terceiro salario de aposentados e pensionistas. As providências incluem, também. a ampliação da margem e do prazo máximo para empréstimos consignados, com redução do teto de juros. Além disso, para prevenir aglomerações, foi suspensa por 120 dias a prova de vida dos beneficiários do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS).

O Ministro Paulo Guedes elencou as dimensões que serão inicialmente monitoradas pelo grupo: fiscal/orçamentária, creditícia, gestão pública, tributária, setor produtivo, federativa e trabalho/previdência. Os cenários serão acompanhados diariamente, com avaliação das notícias e dos dados econômicos. A ideia é que o grupo detecte riscos potenciais e apresente soluções tempestivas, com medidas que mitiguem os impactos econômicos causados pela pandemia no Brasil.

Neste momento crítico, mesmo diante do exíguo espaço fiscal, o ME buscará, em conjunto com a Câmara dos Deputados e o Senado Federal, a realocação ágil de recursos orçamentários para que não falte suporte ao sistema de saúde brasileiro, destaca a nota oficial.

 

Saiba tudo sobre INSS em brasil

loading...
Loading...